segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Giz

E mesmo sem te ver
Acho até que estou indo bem
Só apareço, por assim dizer
Quando convém aparecer
Ou quando quero
Quando quero
Desenho toda a calçada
Acaba o giz, tem tijolo de construção
Eu rabisco o sol que a chuva apagou
Quero que saibas que me lembro
Queria até que pudesses me ver
És parte ainda do que me faz forte
E, pra ser honesto,
um pouquinho infeliz...
Mas tudo bem
Tudo bem, tudo bem... (2x)
Lá vem, lá vem, lá vem
De novo...
Acho que estou gostando de alguém
E é de ti que não me esquecerei

Eu rabisco o sol que a chuva apagou...
Acho que estou gostando de alguém...



*Saudades de você, queria tanto de contar uns segredos! 
Ah,  tenho umas novidades também... você tá me vendo daí? Eu acho que sim.
Eu sinto você perto quando eu fico feliz, e quando tenho crise de soluço.
Queria que estivesse aqui,  mas não deveria querer. Eu sei que ainda vou te ver!
Tô assim hoje porque sonhei com você, e foi tão real, você tava tão tranquilo...
Te amo, pra sempre.
Cuida de mim daí de onde você tá. Eu te amo. Muita luz...

2 comentários:

Anne disse...

Ai que musica linda...
Jê, torço pra que vc seja muito feliz no amor.

O Anjo Caído disse...

Legião... Ouvi mt isso na adolescencia..