quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Antes tarde do que mais tarde!

É inevitável aquela sensação horrível de que se perdeu um tempo precioso, uma oportunidade única, uma chance que não vai se repetir outra vez...
A todo momento nos martirizamos pro resto de nossas insignificantes vidas com esses sentimentos desagradáveis de que fomos um fracasso mesmo sem ter tentado, ou por não ter corrigido um erro a tempo de evitar, ou de fazer acontecer algo. Pois muito bem, antes de pensar que tudo está perdido e de proferir a fatídica frase "agora é tarde demais", faça como dizia Raul (o Seixas): TENTE OUTRA VEZ! TENTE!
Como você vai saber se a hora não é agora? Se a chance não é essa? Se o momento não é esse, se você ao menos não arriscar?
Em outras palavras, aquela velha história do "antes tarde do que nunca" ganha força e consequências mais otimistas. Apela pro "faça depois, mas faça", sem a cobrança de que oportunidades são sempre únicas, de que chances não se repetem, de que o tempo é líquido e que não se recupera o que já escoou...
Apenas faça o que tem que ser feito, mesmo que seja tarde.
Porque nunca será tão tarde, quanto se nunca for feito nada. Mesmo que tarde.

Um comentário:

Anne disse...

A sensação de " mais por que eu não tentei?" é cruel.

Fracasso é justamente isso.

Dorei o texto.