domingo, 21 de março de 2010

Equinócio de Outono.

Tá tudo ficando muito chato, muito mesmo...
Tô de saco cheio de tanta coisa, de tantas situações, tanta gente!
Começo a pensar se vale a pena manter isso tudo por simples convenção de valores.
Não tenho mesmo o direito de escolher? Será que eu não posso me livrar de tudo realmente?
De que adianta ter livre-arbítrio se tudo que eu decido parece sempre tão errado?
Sabe quando você acorda pela manhã e tudo o que você mais quer é voltar imediatamente pra cama? Ou quando você simplismente não sente vontade nenhuma de levantar da cama quando acorda?
Sei lá... hoje eu passei o dia todo de pijama, pensando em como teria sido meu dia se eu não tivesse levantado. Eu precisava mesmo ter me levantado?
Vou voltar pra cama... tenho vontade mesmo é de passar o resto dos meus dias dormindo,sonhando com um mundo ideal onde eu não tenho que me preocupar com o que os outros vão pensar se eu decidir acabar com tudo de vez.  Onde, se eu desistir, abrir mão da luta, não vou ser apontada como um fracasso.Onde eu serei a minha própria  heroína.

2 comentários:

Aline Shinoda disse...

Tá! Vc sonhou comigo te contando tudo isso que tá acontecendo comigo, né?! Só pode!!!! Me identifiquei em cada linha. Seu blog foi que virou uma "releitura de mim"

Anne disse...

Liberdade é uma utopia, não existe. O que vc faz são escolhas. Escolhe entre isso ou aquilo, e arca com as consequencias.

Faça sua escolha, isso vc pode.