segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Meu canto...

Ando com os sentimentos embaralhados, o coração pesado, a mente cheia, o corpo quebrado. Um caco humano.
Eu não sei lidar com emoções. Toda a minha habilidade racional me tornou uma inépta emocional. Não sei sentir.
Isso me preocupa, agora que não tenho um "amor pra controlar". Não falo de amor fraternal, esse que a gente sente pelos amigos, pelo irmão... falo de amor passional.
Eu estou sentindo muitas coisas ultimamente, mas não sei bem o que é; como se tudo de que eu me privei esse tempo todo me invadisse descontroladamente e eu não conseguisse evitar. Muito menos controlar.
Tô cansada, de tanta coisa, mas não sei desistir. Acho que fico esperando que as coisas, as pessoas, as situações se dissipem por si só... como se tudo fosse desistir de mim.


Acho que na verdade mesmo estou cansada de não sentir.
Quero um amor, novo, verdadeiro, sincero, incondicional.
Que não me faça ter vontade de controlá-lo, nem de não sentí-lo.



Eu quero sentir, com vontade, com intensidade.
Será que isso é tão difícil?

4 comentários:

EdpeppeЯs disse...

acho que qnd se busca algo fora de si, vc tende mais a se esvaziar.

penso q a maioria das pessoas passam boa parte de suas vidas buscando algo lá fora para preencher um vazio interno q nem imaginam como surgiu.

eu acredito q td está dentro de cada um. mas é mais fácil olhar o externo do q o interno.
=/

n tem como amar ninguém se a gnt n se ama primeiro. aí está a grande questão.

é difícil?

nunca saberemos se n tentarmos, certo? ueha

somos tds um.. todos inteiros e n metade. somos perfeitos.
só n sabemos cm, primeiro, encontrar essa perfeição q dorme aq dentro.. depois, acordá-la.. e depois expô-la.

hm...

PAZ e...

Sorria mais! ^^

Garotinha Jê disse...

então tô no caminho certo... e não sabia!

^^

Vanessa Lee disse...

Com esse nome, achei que estava no blog da Amelie Poulain! hahahaha

Olha, eu já tive saudades de me apaiCHOCAR! Mas, ai aconteceu e eu fiquei com saudades de qdo não estava tão chocada, assim...

Ah, tem que deixar rolar e ouvir pouco e nada de FFM! hahahahahahahahahahahaha

Postei a terceira parte do Jogo da Verdade.

Pam S. disse...

Vei, você e Du agora são amigos de infância? *-*
Hahaha

Pois, se eu tô de volta, não sei.
Primeiro eu não escrevia por falta de tempo, e agora, de férias, acho difícil escrever, pq o treinamento que eu tive na faculdade foi pra escrever textos sem emoção, sem opinar, ou seja, diferente de mim. =T

Então, acho que só quando a coisa vier muito forte mesmo, eu escrevo.

E em relação ao seu post... vc me deixou confusa. =/
Assim, a identificação às vezes é tanta que eu não sei o que eu senti, e o que você escreveu. Mistura tudo, e eu quase não consigo separar as coisas. :P

Anyway, count on me!
Eu gosto de você um tantão bem enorme!
=***